Cordão de Eficiência Vermelho e Branco

Concedido pela Diretoria do Nível Local a que se encontra vinculado o jovem, por proposta dos Escotistas da Seção, ao escoteiro portador do Cordão de Eficiência Verde e Amarelo e especialmente recomendado pela Corte de Honra de sua Tropa que possuir, no mínimo, 12 (doze) Especialidades, em pelo menos quatro Ramos de Conhecimento, dentre as quais sendo obrigatórias as de Cozinheiro e Acampador, pelo menos no Nível 2. O distintivo, a ser usado em substituição ao do Cordão de Eficiência Verde e Amarelo e até o jovem conquistar o Distintivo Lis de Ouro ou deixar o Ramo Escoteiro, pode ser um dos seguintes: a) Um trançado com um fio vermelho e outro branco, posto em volta do ombro direito com a ponta presa por baixo da portinhola do bolso direito da camisa; ou b) Um retângulo de tecido branco, com 9,5 cm de comprimento e 2,5 cm de altura, sobre o qual está bordado, a 0,3 cm de suas extremidades, direita e esquerda, um retângulo debruado em verde bandeira; tocando seus extremos, duas listras horizontais, uma vermelha e a outra branca. O distintivo deve ser fixado à portinhola do bolso direito de sua camisa, em posição centralizada.